Vida

Doeu, só pra saber…

Eu não imaginava que fosse possível sermos partidos em pedaços, embora nosso corpo permanecesse inteiro por fora. Eu nunca cri que alguém pudesse ser capaz de mentir olhando dentro dos olhos como se fosse a coisa mais normal do mundo; capaz de nos ver chorar e não sentir remorso. Nunca fui do tipo de fingir nem simpatia, imagina amor. Aí você chegou, e eu só tinha dezessete anos naquela época. Tudo que eu queria era ter as tais borboletas no estômago para que quando eu chagasse nos oitenta, pudesse contar aos meus netos a alegria de encontrar a pessoa amada ainda muito jovem, e nem sei o porquê desse pensamento, mas passou – literalmente passou, você conseguiu destruí-lo. Eu nunca fui de colocar expectativas em qualquer pessoa que fosse, só que quando te olhei naquela noite na praça da cidade, rindo e contando suas piores piadas para nossos amigos, acreditei que pudesse ser diferente. Eu sou 8 ou 80. Essa ideia de meio termo não combina comigo, e você sabia bem disso, e mesmo assim quis ser metade. Tudo bem de partir, ninguém é obrigado a ficar com o outro sem querer, mas que seja direto no que realmente quer então. Sem essa de tapar o sol com a peneira – como você tentou. Tu foi levando tudo por debaixo do pano, quis faltar com sentimento, logo comigo que sou tão intensa!? Se foi consciente ou não, e se era para doer ou não, fique contente ou entristecido em saber que doeu sim, e muito. Agora que se passaram anos, vejo o quanto amadureci depois dessa tortuosa dor de ser quebrada a confiança em um grande amor. Não. Não estou apaixonada de novo, e não pretendo estar muito cedo. A vida tem me mostrado vários motivos para permanecer sozinha por um tempo, pois quando aprendemos a desfrutar de nossa companhia, aprendemos também sobre equilíbrio, perdão, podendo renascer para novos ares que hão de vir. Eu tinha planos para nós – você dizia ter também. Respiro fundo, porque é demais para mim. Eu amei conhecer alguém como você – e pode parecer clichê, mas nunca havia amado assim antes – mas odiei saber que quem amamos podem nos ferir na mesma proporção. Doeu, só que passou. Demoro até, mas, antes tarde do que nunca, não é!?

Tempo certo
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s