Vida

Talvez foi amor, mas acabou

Foi bom, talvez tenha sido amor, daqueles relâmpagos que brotam só para nos fazer bem por alguns instantes, mas acabou. Tive que desistir de você para não desistir de mim, só para não ter que me ver implorando por algo que talvez, de verdade mesmo, nem existiu. Em acertos e passos eu cheguei a acreditar que esse amor era daqueles que tinham vindo para ficar, mas eu entendi com o tempo que alguns amores, por mais envolventes que sejam, eles só duram o necessário para se tornar inesquecível, e que muitas pessoas se tornam eternas dentro de mim, embora não estejam mais em minha vida. Eu quis que chegássemos mais longe, mas talvez o mais longe que nós podíamos chegar era até aqui, e eu já desisti também de tentar concertar o que nos levou ao fim. Sobre nós só tenho isso a dizer, acabou.imageEu sei que de alguma forma as lembranças caminharam junto comigo, porém elas não serão o suficiente para me fazer voltar atrás, até porque, a vida segue em frente. Eu nunca fui dessas que desisti, principalmente de alguém, mas eu precisei para não me ver desistindo de mim, para não desistir do meu amor próprio. É, acabou, não posso me perder para tristeza. Eu preciso me manter firme, a vida sabe bem quem tira e quem traz, e no fim, talvez foi amor, mas acabou.

Tempo certo
Anúncios

2 comentários em “Talvez foi amor, mas acabou

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s