Vida

E esse frio na barriga

image
Com o tempo e certas dores, nos fechamos para o mundo apesar de olha-lo com tanta intensidade e enxergar beleza onde não tem. Com as barreiras que criamos, deixamos muitas coisas passarem, principalmente pessoas. Chega uma hora que não acreditamos nem sequer nas borboletas no estômago que ouvíamos falar ou que sentimos alguma vez. Mas ah! A vida tem umas surpresas para quem a trata bem, e no meio de todas paredes que construímos, aparece alguém capaz de fazer uma janelinha e dar uma boa desestruturada na alma.
imageNós sabemos quando algo toca lá no nosso coração, ficamos sem palavras para descrever, e é tentando procurar que então lembramos dos tais frios na barriga, daquela sensação de paralisar até nossa fome. Depois de tanto tempo sem emoções novas, não sabemos nem como se portar diante delas, mas cada uma que vem, nos faz dar vários sorrisos de lado, cada fez que a janelinha é aberta as paredes diminuem seus tamanhos, cada frio na barriga é uma chance de esquentar qualquer frieza que venha existir no peito. Por fim, que as novas sensações não nos cegue, mas que nos façam felizes, e que não nos tire nada, apenas venha para somar tudo que temos. Mesmo depois de anos sem querermos cativar sentimentos por medo de não serem recíprocos, as sensações nos traz a liberdade de nos permitirmos outra vez, mesmo se o causador delas não ficar, é bom saber que ainda temos a sensibilidade de sentir sensações verdadeiras.

Tempo certo
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s